O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou hoje (1º) a aliados que pretende ir à Justiça contra Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o governo federal, caso um de seus vários sigilos sejam derrubados.

Fotomontagem meramente ilustrativa do Blog

Pouco depois da assinatura do atual presidente, em um decreto que autoriza a análise para derrubada desses sigilos “indevidos”, o político teria comentado num grupo do WhatsApp que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com Daniel Cesar, do portal IG, um senador do PL teria dito que “o presidente avisou que não vai aceitar liberarem o conteúdo de sua caderneta de vacinação”.

O medo de Bolsonaro seria de ser pego na mentira, caso ele tenha tomado o imunizante enquanto pregava contra as vacinas. De acordo com o ex mandatário, quem tomasse a vacina corria o risco maior do que ser contaminado pela covid-19, que seria “virar jacaré”.

Caso seja verdade, essa seria mais uma mentira, ou a maior delas, no rol das que desmoralizam Bolsonaro, que não teria virado o tal jacaré, mas confirmaria sua boca de sapo.