Atendendo a um pedido da Procuradoria-Geral da República, o Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou a volta do deputado federal Daniel Silveira para a prisão.

Deputado bolsonarista, Daniel Silveira (PSL) volta a ser preso / Foto: Reprodução – Pedro Confort

Segundo publicação da CNN Brasil, o parlamentar violou por 36 vezes o monitoramento da tornozeleira eletrônica, que usa como condicionante para a prisão domiciliar em que se encontrava.

Em uma dessas violações, segundo a justiça, Daniel Silveira chegou a ficar cinco horas sem emitir sinal para a Polícia Federal.

Conforme a emissora, Silveira foi levado ao Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro na tarde desta quinta-feira (24) para o exame de corpo de delito, procedimento obrigatório antes e após o ingresso ao sistema penal.

Alexandre de Moraes impôs ainda uma fiança de R$ 100 mil como pena pela infração.